Evangélicas encoxadas e bolinadas

Muitas evangélicas são bonitas, se cuidam, meigas e por isso atraem os rapazes. Para muito são até o "sonho de consumo". Só que nem todos querem casar, alguns pensam só em sexo rápido, ficar e até em encoxar meninas evangélicas em ônibus, elevadores e outros lugares apertados. Como uma menina evangélica deve se comportar em tais situaçôes?


Olá, meninas abençoadas, hoje quero discutir com vocês um outro tema bem polémico. Uma menina evangélica deve ficar sempre mansa, humilde e quieta, mesmo se ela for cutucada, bolinada e encoxada por homens e rapazes ousados, sem  educação e talves até perversos?


Alguns falam que não. Outros acham que ela deve aguentar porque não pode se rebelar. Quais seriam as regras certas? 

De qualquer forma, se você se decide para ficar totalmente mansa e aguentar o agressor, deve ser preparada, firme e com a certeza de que Deus te acompanha e ajuda em qualquer circunstância.






Uma evangélica verdadeiramente boa ou outra moça cristã que vive a fé não deve fazer escândalo, quando alguém a encoxa, mas convencer o encoxador pela perfeita meiguice, docilidade e mansidaõ. Ela sabe que ou encoxador é carente, e vai deixar, que ele a encoxa, afinal de contas não custa nada a ela. Ela não deve ir tão longe para olhar e sorrir ao encoxador, porque nesse caso ela parece como uma piranha, mas ela fica simplesmente quieta, deixando o encoxador agir.  Se ela está com saia curta e ele enfia uma mão entre as pernas dela, ela não deve apertar birrentamente as coxas, porque isso um encoxador sensível poderia interpretar como rejeição. Mas também não deve abrir as pernas muito, para não parecer com comportamento safado. Correto é abrir as pernas levemente, e deixar o encoxador à vontade. Assim ela será perfeitamente mansa e paciente e agrada perfeitamente ao encoxador. 
Ela deve observar a si mesma. Se ela sente raiva dela, significa que ela é ainda espíritualmente fraca, porque ela deve amar até os inimigos, e um encoxador nem é um inimigo, porque ele não tem nada contra a menina, mas quer só brincar.  Ela deve tentar sentir amor pelo encoxador. Se ela mostra isso a ele, vai ganhar o coração dele pela perfeita mansidão, assim como descreve o apóstolo Paulo, e quem sabe, um dia o encoxador se lembra desse comportamento angélico e vira crente também.

Se você não se sente ainda preparada para o sofrimento por ter uma fé mais fraca ou ter medo, fala gentilmente com o agressor. Evite o escândalo e olha para ele e fala com voz suave, que você não goste de ser apalpada ou que não é preparada para isso. Não fique com raiva do agressor, porque ele não pensa em mal. Antes acha que vc iria gostar de ser encoxada, e ele vê isso como uma brincadeira gostosa. 
Se ele não para, procura afastar-se dele em silêncio sem chamar atenção. Um escândalo faz passá-lo vergonha e raiva e ele vai pensar mau de você, e mesmo as outras pessoas vão pensar mau de vocês dois, e assim você se suja e suja também a reputação de vc como menina cristã educada e com isso indiretamente a de sua igreja.
Se é inevitavel gritar por socorro, anuncie antes em voz gentil, que você vai gritar. Talvez assim os encoxadores desistam. 


Algumas regras para quando vc é bolinada e encoxada:
Se vc fica em pé, segura-se com as duas mãos em cima. Não foge de seu destino tentando sentar. Deixa as poltronas para pessoas velhas, fracas ou que querem ler e fique em pé, segurando-se com as mãos no corrimão em cima.                      Fique com as pernas levemente abertas, porque assim você se segura melhor e não parece um  moça fechada e incomunicável.                       Se um homem procura conversar com você, responde gentilmente e com meiguice, mas não flerta, porque vc é uma moça cristã e não uma puta.                          Se alguém começa a cutucar seu corpo, respira fundo e não se mexe. Não olha para a pessoa, faça como nem reparar que ele te bolina. 
Seja sincera e não discrimina homens por causa de sua idade, feiura, raça ou outras caraterísticas. Seria estranho se você aceita ser bolinada por um jovem bonito e forte, mas se vem um velhinho feio e torto vc rejeita os mesmos mimos. Comportando-se assim vc revela egoismo pensando em seu prazer e não no bem-estar dos outros.
Se o encoxador enfia um dedo, não responde contraindo os músculos ao redor do dedo, porque o encoxador vai pensar que você gosta dele e quer que ele avançe. E ele vai achar que vc é uma puta safada que gosta disso. Mas também não contrai os músculos antes dele enfiar, fechando a portinha, porque ele poderia se sentir rejeitado.
Se ele enfia em dedo no deu cuzinho, não se fecha, para ele não se sentir rejeitado, mas também não empina e oferece a bunda. Muitas meninas fazem isso para evitar essa dorzinha quando um dedo seco entrar no cuzinho, mas quem repara nisso poderia pensar que você é safada e assim cai uma sombra em sua reputação como menina evangélica, cristã e recatada, e com isso vc suja também indiretamente a reputação de sua igreja. Lembra-se também que hoje em dia é possível que alguém filma uma tal cena com o celular, e você corre risco que depois todos os seus colegas vêem em seus celulares e pensam que você oferece a bunda a um desconhecido.
Relaxa, porque se vc fica muito tensa não molha e o rapaz pode se sentir rejeitado ou ele ganha a impressão que vc é uma pessoa fria e chata.
Se são vários rapazes (ou quem sabe também moças) que te atacam, e vc está de saia, pode ser que alguém puxa sua calcinha para baixo. Tem rapazes que gostam até de levá-la como lembrança. Se eles a abaixam até os seus tornozelos, não levanta seus pés para facilitar o trabalho deles, porque alguém poderia te ver ou até filmar e parece que você coopere por gostar ou ser muito puta. Mas se ele pegar seu pé com a mão e tenta levantá-lo, não resiste, mas seja meiga e submissa. Se ele tira a calcinha desse jeito, o pecado cai somente por cima dele. Você pode ficar tranquila. 
Não fecha os olhos, porque alguém poderia pensar que você está gostando demais. Olha para baixo e ora pelos que te agredem e encoxam.
Quando chega a seu destino, saia do ônibus normalmente. Se sua calcinha fica puxada para baixo, puxa-a para cima assim que o encoxador te solta. Se ele te impede de sair, não resiste, mas seja sempre meiga e obediente e continue no ônibus sem fazer escândalo. Se vc vai para um culto ou outro compromisso, explica-o ao encoxador. Se ele mesmo assim não te libera, se conforma. Se vc perder algo importante, o pecado e a culpa cairiam sobre ele.
Se ele te obriga para acompanhar a ele, obedece. Lembra-se que Jesus disse: Se alguém te obriga a andar um quilômetro com ele, acompanha-o dois quilômetros.
Se ele te leva para a casa dele ou de amigos, seja educada e meiga e obedece a eles.
Se eles te só liberam se vc promete voltar outra vez e vc promete-o para ser liberada, mantenha a palavra e faça o que vc prometeu, por pior que sejam as coisas que eles fazem com vc, senão eles vão achar que vc é uma menina má e mentirosa.
Se alguém intervem para te ajudar, não fala mau do encoxador. Senão ele será xingado ou leva até uma surra por sua causa. Surpreende a ele slavando-o respondendo que ele é um amigo e não fez nada demais com você. Diga que foi nada e vai embora com seu salvador. 




Do orkut:
Uma evangélica boa, mansa e submissa tem que aceitar ser encoxada no ônibus ou em outros lugares?

Sou evangélica há um ano. Já antes fui muito encoxada, uma vez que sou novinha e bonita, e outra vez que sou negra e os rapazes tem menos respeito. Às vezes aceitei, sobretudo se o rapaz é gostoso, mas muitas vezes fugi discretamente ou dei uma bronca no rapaz. Agora que sou evangélica, não quero fazer mal a ninguém, nem brigar, mas tentar ser boazinha, mansa e submissa.
Mas sendo eu evangélica, ando muito de saia, e os rapazes, reparando que não me defendo, ficam muito ousados. Recentemente estive sem calcinha, em pê no ônibus lotado, e um rapaz me encoxou. Quando eu não reagi, ele ficou muito safado e ousado e começou a roçar assim em mim, que minha saia subiu aos poucos. Nisso reparavam dois outros rapazes. Não sei se foram amigos dele ou estiveram aí por acaso. Eles começaram a roçar tb em mim, eu no meio dos três. Um deles foi feio, tive dentes muito grandes e um nariz enorme, e tive medo. Aí um dos rapazes colocou de repente a mão no meu peito. Quando eu não reagi, ele começou a massagear meus peitos, e o com os dentes e o nariz grandes colocou uma mão na minha coxa e começou a subir. Aí chegou um ponto de ônibus e falei: Tenho que sair. Mas o rapaz me segurou e falou: Vc vai ficar com a gente.
Aí falei: Me solta ou eu grito. Ele hesitou, e eu abri a boca como para gritar, e ele soltou um pouco, e eu fiz um movimento rápido e consegui fugir saindo do ônibus.
Depois pensei, se foi certo o que eu fiz. Briguei, não fiquei mansa e paciente, como se espera de uma evangélica boa e submissa. Quis falar com meu pastor sobre o comportamento certo de uma moça crente numa situação dessas, mas fiquei com vergonha. Por isso pergunto a vcs: Será que seria certo tolerar as encoxadas? E o que faço se o rapaz se acerca com a mão a minha menininha? E o que vcs fariam comigo se me encontrassem assim sem me defender no ônibus?

Resposta:
Se vc realmente quer ser uma evangélica boa, meiga e submissa, não pode fazer escândalo e gritar com um rapaz ou envergonhar a ele, se ele te encoxa. Se vc envergonhar a ele, ele vai sentir raiva de vc, e isso é errado. Vc tem que fazer o bem ao seu próximo para ganhar a ele com seu comportamento meigo e submisso. Por isso deve aguentar, se eles te encoxam. Não precisa sorrir para ele, fica simplesmente passiva e deixa a ele decidir, a que ponto ele quer ir.  
Vc confessou que vc aceita as encoxadas se o rapaz é bonito. Más isso é uma atitude egoísta e nada evangélica. Se vc quer ser verdadeiramente evangélica tem que fazer o bem tb aos feios, porque eles são até mais carentes. Imagina, se os três rapazes, dos quais vc contou, estivessem com raiva por causa de sua atitude e descartassem a raiva em uma outra pessoa, gritando com a mãe, brigando com alguém ou até cometendo um crime. Seria em parte a sua culpa. Vc deve aprender aguentar as coisas. Seja humilde, mansa e submissa e aceita os carinhos de qualquer pessoa, seja bonita, seja feia.
Se ele enfiar um dedo na sua calcinha, não fecha as pernas, porque ele poderia se sentir rejeitado. Mas tb não deve abrir as pernas muito, senão as pessoas pensam, que vc é tarada. Fique com as pernas levemente abertas e deixa a ele fazer. Olhe para baixo e faça como não reparar nada. Assim é o comportamento de uma mulher boa, educada, submissa e evangélica.
Se ele quer entrar no rego entre as suas nâdegas, também não é necessário empinar a bunda para facilitar, porque as pessoas poderiam pensar que vc é muito safada e tem gente que não gosta disso. Mas tb não pode apertar a bunda ou o cuzinho. Seja simplesmente passiva e deixa os rapazes decidir a que ponto eles querem avançar.


Seja sempre boazinha e meiga,
também para quem te faz mal.
Fugindo deles vc estragou a felicidade deles e privou-os de um divertimento muito grande, já que vc esteve sem calcinha. Isso não é um ato de amor ao próximo, mas um ato egoísta.                                    E se ele te segura e fala “Fica com a gente” se lembra que Jesus falou: “Se alguém te obriga para ir uma milha com ele, acompanha-o duas milhas.” Se um rapaz fala “Vc vai ficar com a gente”, vc deve obedecer e até se oferecer para acompanhá-los. Ganha os corações deles pela perfeita mansidão e submissão, assim como o apóstolo Paulo ensinou.                                                                                Pena que vc não conhece os rapazes, assim vc não pode se desculpar. A única chance seria se vc encontrasse-os outra vez no ônibus. Seja sempre preparada, anda sem calcinha e de saia curta e leve, e se vc ver os rapazes, fica perto deles. Já que vc assustou a eles pelo seu comportamento e ameaças, vc deve ficar muito perto deles, para eles se animarem de novo. Faça isso e eles vão reparar que isso é uma maneira para pedir perdão.
Outra resposta:
Sou evangélica e não brigo nem faço escândalo, fico quieta, olho para baixo e deixo o rapaz agir. Mas posso dizer que tem rapazes ousadíssimos que não tem vergonha nenhuma de enfiar dedos em meninas sem calcinha no meio de um ônibus lotado. É incrível. Eu fecho os olhos para não precisar ver as senhoras hipócritas que em vez de olhar com cara fechada ao rapaz olham com raiva em mim, como eu fosse a culpada. Tem rapazes que socam em bucetinhas como com a mão no almofariz, sem dó, até a menina fica tão molhada que pinga no chão. Me seguro com as duas mãos, mas às vezes é difícil ficar em pé.


Como uma evangélica boa deve reagir se é beijada
Se alguém tenta beijar a sua boca, não a fecha com força como fazem as meninas birrentas. Também não deve abri-la logo como com saudade de ser beijada. Cede simplesmente ao que o rapaz ou homem faz. Seja como uma família hospitaleira. Ela não sai para a rua gritando: “Por acaso alguém quer almoçar em minha casa? Alguém quer dormir em minha casa?”
Mas se alguém bate na porta, seja a querida vovó, seja um mendigo desconhecido, a família convida com boa vontade para entrar e almoçar com ela, depois do almoço deitar na melhor cama da casa e se sentir todo em casa: “A casa é sua.”
Faça você também assim. Seja hospitaleira. Não precisa se oferecer como uma puta, mas se alguém bate na sua porta, abre. Abre a boca na medida que você sente que o homemque te beija entra com sua língua. Se um homem abre sua boca com a mão ou com os lábios, cede também. Adapta-se e mostra submissão, brandura, generosidade e meiguice.
O mesmo vale para sua bucetinha e seu cuzinho, se você sente os dedos curiosos de alguém batendo na porta.
Fonte: Christian Mark Thomson: Submission in the 21th century (Submissão no século XXI)


Nunca se rebela se você é encoxada ou agredida sexualmente. Abre as pernas levemente e deixa o rapaz ou os rapazes agirem; mostra sempre perfeita mansidão e submissão.





13 comentários:

  1. Maravilhoso , minha esposa e filha tem minha orientação de sempre serem mansas e boazinhas com todos os homens !!!!

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso , minha esposa e filha tem minha orientação de sempre serem mansas e boazinhas com todos os homens !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. entao se alguem quiser comer os cuzinhos delas você deixa? e até filma?

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Más que papo estranho é esse? Isso não tem nada haver nenhuma mulher tem que se deixar encoxar

      Excluir
  4. Sou evangélica e estava muito rebelde em casa e com meu namorado...nao estava mais dando o cuzinho pra ele e nem deixava mais titio e vovo brincar em casa comigo...pois ambos pela madrugada vão em meu quarto me dar boa noite e sempre pediam carinho(punhetinha) e beijos de língua....mas quando mudei de igreja o pastor me enssinou que nao posso ser assim pois Deus nao se agrada...o pastor gostou tanto de mim que esta me acompanhando pessoalmente para me.enssinar muotas coisas e como devo fazer...sempre após o culto ele me leva em casa e no carro a gente faz os ensinamentos ele me ensinou que é gostoso o pau no cu e que pode sim dar o cuzinho pois so a bucetinha tem que ser virgem...assim agora titio e vovo fica feliz pois estou deixando eles por gostoso...e meu namorado tambem.ta amando pois fica feliz comigo....esta semana o pastor disse que vau me ensinar servir a três...vai ter reunião ele eu e os presbíteros....espero que me ensinem bem quero ser sempre fiel...
    me sinto ótima...e feliz...

    ResponderExcluir
  5. procuro tarado em SP pra me encoxar no metrô lotado...uso leg sem calcinha com blusinha amarrada na cintura a calça é rasgada atrás meu cuzinho fica de fora....só levantar a blusa e atolar o dedo e a pica. babando..quero que goze na minha bunda e grave no celular

    ResponderExcluir
  6. algum crente pervertido e tarado querendo pecar e enfiar o pau no meu cuzinho...quero leite nele...

    ResponderExcluir
  7. oi tarada oculta,estou taradinho para comer seu cuzinho,vou enchelo de

    ResponderExcluir
  8. oi delícia deixa eu comer teu cuzimho

    ResponderExcluir